Zumbi quer achar:

25 de jul de 2015

Goatsnake - Black Age Blues (2015)

Ainda temos meio ano pela frente, mas duvido que algum lançamento saido em 2015 consiga superar o play de hoje. 15 anos depois de seu último álbum o Goatsnake retorna com Black Age Blues, nove músicas que trazem ainda mais peso que os trabalhos anteriores e ao mesmo tempo soa ainda mais bluseiro.
A forma como a banda conciliou os Riffs arrastados e absurdamente pesados de Greg Anderson com os vocais muito influenciados por James Brown e Ozzy Osbourne de Pete Stahl e ainda em algumas faixas com um coro de cantoras claramente influciada pela música gospel americana é algo que eu honestamente não consigo pensar em outra banda que chegue perto deste resultado. Não bastasse isso, o novo baixista Scott Renner funciona muito bem com a pesada bateria de Greg Rogers.
Não apenas é talvez o melhor trabalho da banda, mas é com certeza um dos lançamentos da música pesada mais empolgante dos últimos dez anos. Não consigo destacar apenas algumas músicas sem me sentir injusto com as outras, mas... Grandpa Jones é uma das melhores coisas que já aconteceu com a humanidade ok?
1. Another River to Cross (4:25)
2. Elevated Man (4:37)
3. Coffee & Whiskey (4:52)
4. Black Age Blues (6:19)
5. House of the Moon (5:21)
6. Jimi's Gone (4:43)
7. Graves (4:53)
8. Grandpa Jones (4:38)
9. A Killing Blues (7:35)

Nenhum comentário:

Postar um comentário